Óleo de coco na vulva e na vagina

Óleo de coco na vulva e na vagina

Que o óleo de coco é super indicado para receitas mais saudáveis e para hidratar o cabelo você já deve ter ouvido por aí, né?🥥 Mas e sobre o uso dele na vulva e na vagina?

O óleo de coco é antioxidante, e por esse motivo, mantém o pH da vagina em equilíbrio, além de formar uma camada protetora contra fungos e infecções vaginais.

Tudo de bom, né? Então continue lendo para conhecer os principais cuidados, como e quando usar esse queridinho natural que pode nos salvar de várias situações incômodas.

Eu posso usar óleo de coco na vulva e na vagina?

Pode sim! O óleo de coco pode ser usado como:

1- Hidratante da região íntima, mantendo a vulva e a vagina mais elásticas e hidratadas.

“Ele é excelente para hidratar a mucosa vulvar, fortalecê-la e até curar fissuras. Um hidratante natural excelente que pode ser usado por qualquer mulher, inclusive por aquelas que tiveram câncer de mama e, devido às medicações, não pode usar os hidratantes que possuem hormônio", conta a Dra. Ana Carolina Delazia.

2- Lubrificante sexual: é vegano, sem conservantes, sem produtos químicos ou corantes. Ele é seguro e causa menos irritação que lubrificantes sintéticos. (Mas não se esqueça de conferir os cuidados lá em baixo, eles são importantes aqui.)

3- Alternativa de tratamento e prevenção para infecções pela ação antioxidante e antibacteriana que mantém o pH da vagina em equilíbrio. O óleo de coco também ajuda a aliviar a coceira vulvar e sintomas de ardência.

Por isso, use e se lambuze.

Óleo de coco e candidíase, como assim?

Uma das infecções mais comuns surgidas a partir do desequilíbrio da flora vaginal é a candidíase. E sabia que ela pode ser prevenida e até tratada inicialmente com óleo de coco?

Isso porque o óleo de coco é rico em ácido caprílico e ácido láurico, poderosas substâncias antifúngicas e antimicrobianas. Sendo assim, é excelente para combater a infecção de forma natural.

Quando e como usar?

Você pode usá-lo diariamente após tomar banho, passando-o delicadamente entre os lábios internos e externos, ou na relação sexual aplicando uma fina camada na vulva e entrada da vagina.

Um cuidado: existem muitas receitas na internet de “absorvente interno de óleo de coco" aplicados na região interna da vagina. Antes de fazer esta aplicaçação, consulte a sua ginecologista antes 😉.

Quais cuidados devo ter?

Vale lembrar que qualquer óleo usado como lubrificante na hora do sexo pode danificar preservativos de látex. Assim, opte por camisinhas de silicone ou poliuretano pra não perder a efetividade.

E vale lembrar! Ao usar o óleo de coco para qualquer finalidade, é importante usar o extra virgem, 100% natural e puro.


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados