Como funciona a libido ao longo do ciclo menstrual

Como funciona a libido ao longo do ciclo menstrual

O ciclo menstrual também pode afetar nossa libido? Pois é! As duas têm uma relação bastante intensa e quanto mais nós aprendermos sobre o comportamento da nossa libido, melhor é para nos conhecermos, assim conseguimos explorar ainda melhor a nossa sexualidade. Dias em que você está mais aberta a tentar novas experiências sexuais e dias em que abraços e carinhos são tudo o que você precisa. Saiba que é totalmente normal, não se culpe!

Tem dia que dá aquela vontade, mas tem outros que parece que nem queremos pensar nisso, não é? Essa “oscilação” pode não ser aleatória e tem uma explicação biológica para tudo isso. Tá afim de descobrir? A amai te conta a relação do ciclo menstrual e da libido!

Menstruação: clitóris mais sensível e maior probabilidade de orgasmo

O primeiro dia da menstruação marca o início do nosso ciclo menstrual, que dura em média 28 dias. A partir do terceiro dia, temos um aumento dos hormônios: testosterona, oxitocina e estrogênio, ajudando a aumentar a libido nesse período (eba!). Ah, além disso, pode acontecer também um aumento da lubrificação vaginal e vascularização na região clitoriana, deixando o clitóris ainda mais sensível, o que ajuda e muito quando o assunto é orgasmo - ui! 🔥

Ei, não precisa se preocupar com o sangue, curta mesmo assim!

Apesar de sentir vontade de transar durante o período folicular por conta do aumento da libido, evite se privar por vergonha em sangrar durante o sexo - o que está tudo bem se acontecer! Mas, caso você queira mudar isso e passar a se sentir mais confortável com essa situação, nós podemos te dar uma ajudinha:

  • Coloque uma toalha ou qualquer outro tecido na cama que proteja de algum vazamento durante a relação sexual, vai te deixar mais segura 😉
  • A menstruação pode funcionar como um lubrificante natural, aproveita 🩸
  • Alívio das cólicas! Durante o orgasmo o útero se contrai e depois relaxa completamente, o que faz um efeito analgésico para o seu corpo 😌

Camisinha é a palavra de ordem!

Independente do período, o uso de camisinha é sempre recomendado por ajudar a prevenir a gravidez inesperada e, claro, a contração de infecções sexualmente transmissíveis (conhecidas como ISTs). Ah, além disso, os espermatozoides podem permanecer vivos por até 5 dias no corpo, por isso se seu ciclo for mais curto, a ovulação ocorre poucos dias após o fim da menstruação e há uma chance de liberar um óvulo enquanto os espermatozoides estiverem vivos - fica esperta! 😉

A vagina tem, naturalmente, o pH ácido para proteger de possíveis infecções, mas durante o período menstrual o pH vaginal é alterado, o que pode te deixar mais vulnerável a contrair as ~famosas~ ISTs (infecções sexualmente transmissíveis) - então não se esqueça de se proteger e de se cuidar, viu?

Pós-menstruação: mais desejo, lubrificação intensa e sintonia com o/a parceiro/a

No período pós-menstruação, os níveis de testosterona continuam nas alturas, preparando o sistema reprodutor para a fase de ovulação. Com isso, a lubrificação vaginal é maior por conta da libido em alta e é um período onde criar expectativas e fantasias para o sexo rola a solta e provavelmente você se sentirá mais disposta e a vontade com seu corpo também, então aproveita! Que tal tentar algo novo? 😏

Ovulação: libido e emoções em alta

Chegamos no pico da libido! Por volta do 14º dia do ciclo, o corpo se prepara para a liberação do óvulo, os níveis de estrogênio e testosterona continuam altos e a progesterona cai, o que pode aumentar a lubrificação e o desejo sexual.

É um ótimo momento para curtir tanto acompanhada, quanto sozinha! A masturbação feminina é um grande tabu, mas a gente pode mudar isso se empoderando cada vez mais sobre o nosso corpo e trazendo o assunto na mesa. ✨ Já pensou em investir em um sex toy? Existem vários modelos, dos mais tecnológicos aos mais “simplões”, com funções diferentes e o preço varia super também, você pode escolher aquele que mais tem a ver com você e cabe no seu bolso - ah, e quando quiser, uma mãozinha vai sempre bem também! 👋

TPM: tesão zero e indisposição.

Epa, a última semana do ciclo é a da TPM - pode até parecer um pouco confuso porque muitos acham que a TPM simboliza o início do ciclo, mas na verdade ela é o fim. E é durante esse período que o corpo está se preparando para receber um possível óvulo fecundado e, quando não há um óvulo, começam os preparativos para a descamação do endométrio - a tal da menstruação. E é aí que o grande “inimigo” da libido entra em cena: a progesterona.

Esse é o momento que muitas pessoas que menstruam começam a sentir os ~sintomas~ da TPM, os níveis de serotonina e endorfina (hormônios do bem estar) estão lá em baixo, o que pode influenciar no humor e ocorrer algumas alterações, além dos sintomas comuns: dores de cabeça, seios doloridos, inchaços e cólicas.

Por conta de todos esses incômodos, tanto físicos quanto psicológicos, existir tesão no meio disso tudo pode até parecer uma missão impossível, o que é completamente normal! Nosso corpo está passando por muitas mudanças e nós devemos respeitar nossas vontades. 😌 Não se sinta culpada caso transar esteja fora de cogitação - um cinema, jantar no seu restaurante favorito ou saídas com os amigos podem ser boas pedidas para esse momento, não é mesmo? 💜

Mas calma que sempre tem um jeito! Não é que transar durante a TPM esteja fora de cogitação para todas as pessoas, é só importante lembrar que nesse período talvez seja necessário um estímulo maior para entrar no clima. Nossa dica é: conheça seu corpo e faça aquilo que você sente vontade, sem culpa

Toma anticoncepcional? A libido ao longo do ciclo menstrual pode ser diferente para você!

É importante você saber que além de ajudar a prevenir uma gravidez, impedindo a ovulação, o anticoncepcional também abaixa os níveis de produção da testosterona, ou seja, para algumas pessoas pode significar a queda da libido. A pílula também aumenta a produção da proteína que transporta os hormônios sexuais (SHBG), o que ocasiona na menor circulação de esteroides livres, afetando sua libido.

Olha, vamos lembrar que cada corpo é um corpo e por isso cada pessoa vai reagir de uma forma diferente ao uso de contraceptivos. Não existe uma regra e, com a ajuda de um ginecologista, você pode achar o método que funciona melhor para você! - bora marcar uma consulta 😊

O autoconhecimento sobre seu corpo é fundamental para entender como você funciona (corpo e mente) nos diferentes ciclos e momentos da vida, seja no sexo ou em qualquer outra área, da sua vida pessoal ou até mesmo profissional. 🙂

Esperamos que você sinta-se bem consigo mesma independente da sua fase! Seguimos juntas por aqui 💜


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados